Angariador Imobiliário competente procura-se: Vivo, ou Muito Vivo…

 

 

Angariador, consultor, agente imobiliário enfim, pessoa competente na mediação imobiliária procura-se para vender a minha casa, mas como posso encontrar o “the chosen one”…?

Existem profissionais bons, e mesmo muito bons em todas as áreas normalmente, a forma mais fácil de os encontrar é procurando referências. Sim, tal e qual como se faz para encontrar uma boa escola, um bom médico ou mesmo um mecânico de confiança. Liga-se para um amigo da nossa extrema confiança que possa ter ligações à actividade imobiliária, ou, de preferência, e melhor ainda, liga-se a um amigo que tenha tido uma muito boa e recente experiência de venda de um imóvel e pergunta-se se nos pode indicar o nome da pessoa que conduziu na perfeição a venda do imóvel.

Mas vamos imaginar que não conhece ninguém que lhe possa referenciar o tal angariador imobiliário competente e muito vivo, como pode então encontrá-lo?

Nesse caso, vai exigir um pouco mais de trabalho da sua parte. Primeira etapa: perceber bem a zona onde está a sua casa. Onde está o imóvel posicionado, como se enquadra, e não sendo só a zona um ponto importante, mas também, o que a envolve, não fosse o mercado imobiliário um mercado local.

Depois a grande missão, e a segunda etapa: verificar quem vende mais e melhor na zona que definiu como zona de posicionamento e envolvente do seu imóvel, quem é realmente é o especialista da zona, o “the chosen one” do bairro.

A pesquisa de sites e portais especializados, pode-lhe dar algumas pistas, por exemplo, pode observar quem está na sua zona (entenda-se quem tem angariações na sua zona) efectuando uma procura na sua zona de imóveis disponíveis, verificando os nomes dos angariadores que mais se repetem, mas, principalmente, os que têm mais prémios (caso o angariador esteja associado a uma marca ou uma rede), pode igualmente ver os que têm mais imóveis reservados ou mesmo vendidos, por aqui consegue desde logo afunilar a sua escolha.

A net é realmente uma montra virtual, mas porque não fazer a mesma coisa com as placas de rua, no entanto, atenção, o mais importante é apontar as que dizem “vendido” ou “reservado”, muito cuidado com as placas que têm “vende-se” há muito tempo (subentende-se mais de 6 meses).

A comunidade local é outra fonte de informação muito útil, pergunte nos cafés ou locais de maior movimento na zona se conhecem quem é o angariador imobiliário que está mais presente e que tem mais sucesso na zona.

Passada esta fase, com a qual não deverá gastar mais do que uma semana, passamos à terceira fase: seleccione 3 possíveis candidatos para tratarem e cuidarem da sua necessidade, vender a sua casa. Convoque uma reunião inicial com cada um deles em separado, explique de forma sincera o seu caso e mostre o imóvel. Tente perceber quem se preocupa mais consigo, com as suas necessidades e desejos e quem demonstra mais competência e testemunhos, algumas dicas:

  • Pergunte qual o preço certo de venda, desconfie  daquele que lhe dá a resposta concrecta, caso aconteça pergunte-lhe com  que fundamento baseia a sua opinião e opte por aquele que não se   compromete e prefere elaborar um estudo e mercado, mesmo sendo  especialista da zona;
  • Peça para lhe falar e mostrar testemunhos de casos  de sucesso, vendas, por exemplo: quantas casas tem angariadas, quantas  vendeu nos últimos meses, qual o tempo médio de venda das suas angariações;
  • Peça referências de outros clientes, de preferência, recentes.
  • Pergunte-lhe se partilha as suas angariações (contratos de mediação) com outros angariadores, no intuito de aumentar a probabilidade de venda, se a resposta for “não”, comece a colocar fortes      dúvidas sobre o serviço que este profissional lhe pode prestar que passa  por proteger os seus interesses de vender o imóvel;
  • Pergunte-lhe se trabalha em aberto ou exclusivo, se a resposta for que trabalha em regime aberto, ou seja, que não se importa de promover o seu imóvel em simultâneo com outras imobiliárias,      pergunte-lhe então qual o seu Plano de Marketing para promoção do seu  imóvel e como vai partilhar e funcionar com as outras imobiliárias, possivelmente a resposta será um pouco confusa e ambígua…
  • Mas se ele lhe disser que só trabalha em exclusivo, ou seja, que pretende dedicar-se a promover e trabalhar de forma profunda e especializada o seu imóvel, pergunte-lhe então pelo Plano de Marketing, e pergunte-lhe igualmente como funciona ao nível de partilhas com outras      mediadoras, se a resposta for confiante, factual e demonstrativa e se trabalhar em conjunto com outros profissionais do ramo para melhor promover o seu imóvel, então a hipótese de ter encontrado um Angariador Imobiliário e Competente na zona onde pretende vender o seu imóvel é bastante forte!
  • Por fim, pergunte-lhe como faz o acompanhamento do processo desde a angariação à venda e mesmo pós-venda, como tenciona comunicar consigo para o por a par de todo o trabalho que se propõe e respetivos resultados.

Se os três forem bons, e se todos passarem em todas as questões, veja com qual sentiu maior empatia, ou seja, qual dos três se colocou melhor no seu lugar (compreensão) e lhe transmitiu maior confiança.

Quanto à comissão, ou remuneração do serviço, pague sempre o que lhe parecer justo pelo serviço apresentado, sabendo que não existem milagres neste campo e que o barato sai sempre mais caro, se não, reflicta, quando marca um consulta com um bom médico normalmente não está a espera de um desconto, mas sim que este lhe resolva o problema, certo.

No fundo o que todos procuramos é alguém competente, mas sobretudo alguém de confiança. Nunca se esqueça, este processo é conjunto, terá de fazer equipa com ele, pois ele vai promover o imóvel, mas são os dois juntos que vão vender a sua casa.

“Há uma característica em comum nos melhores profissionais que conheci, todos fizeram de seu trabalho uma arte.” Kléber Novartes

 

Artigo publicado no Blog.Century21 Portugal

(Visited 95 times, 1 visits today)