CASAFARI assegura 135 milhões de dólares para investir em imobiliário e acelerar a expansão europeia

 

  • A plataforma de dados imobiliários líder na Europa, que conta com mais de 15.000 utilizadores profissionais do sector e 95 milhões de listagens de imóveis, fechou um contrato de 120 milhões de dólares para criar uma carteira de imóveis residenciais e comerciais direcionada para investidores institucionais europeus;
  • A CASAFARI fechou ainda uma ronda de financiamento Série A, no montante de 15 milhões de dólares, liderada pela sociedade de capital de risco norte-americana Prudence Holdings.

 

A CASAFARI, plataforma de dados imobiliários líder na Europa, acaba de fechar um contrato de 120 milhões de dólares com um consórcio de fundos de private equity europeus, incluindo o grupo de investimentos Suiço Stoneweg, para implementar uma estratégia de compra de imóveis para arrendamento (buy-to-let) com foco em unidades fragmentadas (single units) nos setores residencial e comercial. Paralelamente a esta operação, a CASAFARI levantou ainda 15 milhões de dólares através de uma ronda de financiamento Série A liderada pela Prudence Holdings, sociedade de capital de risco norte-americana que já financiou empresas como Compass, Blockchain.com, Uber e Spotify.

 

Com operações em Portugal, Espanha, França e Itália, a empresa fundada em 2018 por Mila Suharev, Nils Henning e Mitya Moskalchuk, cresceu exponencialmente e conta com 1.500 clientes, mais de 15 mil profissionais, e é apoiada por 90 colaboradores de 24 nacionalidades.

 

A CASAFARI acaba de lançar uma nova linha de negócio através da qual fechou um contrato no montante de 120 milhões de dólares junto de um consórcio de fundos de capital privado europeu, no qual foi mandatada para identificar, selecionar e negociar a aquisição de mais de 700 imóveis residenciais e comerciais com potencial de arrendamento e valorização de longo prazo. Clientes como o grupo Suíço Stoneweg não teriam capacidade operacional de implementar esta estratégia de aquisição em larga escalada se não fosse pelo serviço inovador baseado em tecnologia da CASAFARI.

 

Além desta operação, a CASAFARI fechou com sucesso uma ronda de financiamento Série A num valor total de 15 milhões de dólares. Este funding foi liderado pela Prudence Holdings e contou ainda com financiamentos da Armilar Venture Partners (sociedade de capital de risco portuguesa que apoiou os unicórnios Outsystems e Feedzai), Amavi Capital (fundo de capital de risco Belga especializado em Proptechs) a HJM Holdings, a 1Sharpe (fundadores da Roofstock) e a FJ Labs (Fabrice Grinda, fundador do Grupo OLX), bem como o investidor atual Lakestar.

 

De acordo com Gavin Mayers, Co-fundador da Prudence Holdings: “Na Europa, e como na maioria das geografias fora dos Estados Unidos, os dados imobiliários nunca foram estruturados e organizados devido à falta de um Serviço de Listagens Múltiplas (MLS) unificado. A CASAFARI assumiu o protagonismo de agregar, verificar e distribuir estes dados aos mais importantes players do mercado, oferecendo uma única fonte de informação verdadeira de dados de imóveis e transações. Através da sua tecnologia e serviços inovadores, que recorre a Inteligência Artificial e machine learning, a CASAFARI vai transformar imóveis unifamiliares como uma classe de ativos para investidores institucionais. Existe uma enorme oportunidade para a Europa seguir o exemplo dos Estados Unidos, mercado onde o investimento institucional em propriedades fragmentadas disparou de quase 0 para 40 mil milhões de dólares em dez anos”.

 

“Este não é apenas mais um agregador de dados – é todo um sistema operativo que ajuda os profissionais imobiliários em tempo real, que remove a desigualdade de conhecimento, que acelera transações e que abre novas oportunidades para iBuyers, promotores, investidores, e operadores de Q-commerce, entre outros, para alcançarem os seus objetivos de investimento”, diz Stephen Nundy, Partner da Lakestar.

 

“Fundamos a CASAFARI com a missão de organizar o mercado imobiliário num ecossistema eficiente, impulsionado por dados, que potenciam e aceleram as transações imobiliárias através de uma plataforma B2B segura e transparente”, afirma Mila Suharev, Co-CEO e CPO da CASAFARI. “O sucesso que alcançamos e o feedback dos nossos clientes deixa-nos seguros para dar o próximo passo na nossa expansão para a Alemanha, Áustria, Suíça e Reino Unido, estabelecendo-nos como a principal rede pan-europeia de transações imobiliárias”.

 

Segundo Nils Henning, CEO da CASAFARI: “A CASAFARI criou um ecossistema tecnológico único, que liga agentes, promotores, gestores de ativos e investidores e permite a pesquisa, avaliação, subscrição e colaboração de transações em todas as classes de ativos. Estamos muito entusiasmados por representar importantes clientes institucionais como a Stoneweg na sua estratégia de investimento, trazendo mais liquidez para o mercado e gerando mais transações para os clientes de nossa plataforma.”

 

 

 

Sobre a CASAFARI:

A CASAFARI, a primeira network imobiliária independente da Europa, liga mais de 15 mil profissionais imobiliários através de funções MLS (Serviço de Listagens Múltiplas) a uma base de dados imobiliária completa que cobre todas as classes de ativos em Portugal, Espanha, Itália e França. A CASAFARI desenvolveu aplicações personalizadas como a pesquisa de propriedades, análise comparativa de mercado, market analytics com atualização em tempo real. A empresa criou uma tecnologia proprietária de machine learning e extensas operações de dados para, de forma automática, indexar, limpar, classificar e combinar milhões de listagens de propriedades duplicadas em milhares de websites em diferentes línguas. Desde o lançamento em 2018, a CASAFARI conquistou grandes clientes de marcas como a Sotheby’s International Realty, Coldwell Banker, franchises da RE/MAX, Savills, Fine & Country, Engel & Voelkers, Keller Williams e investidores e promotores como Stoneweg, Kronos, Vanguard Properties e Vic Properties.

 

Sobre a Prudence Holdings:

A Prudence é uma das principais sociedades de capital de risco norte-americana, focada em encontrar empresas tecnológicas inovadoras que aliem o mercado imobiliário a serviços financeiros. A sociedade investe em fases iniciais das empresas, com empreendedores experientes e visionários, e ajuda a guiar as empresas desde a sua fase de crescimento até ao seu estágio final. Fundada em 2010, a Prudence já investiu mais de 100 mil milhões de dólares em 25 empresas, incluindo investimentos em empresas líderes como a Compass, Blockchain.com, CREXi, Sundae, Morty, Properly e Maxwell. Para mais informações sobre a Prudence: prudenceholdings.com.

 

Sobre a Lakestar:

A Lakestar é uma das principais sociedades de capital de risco da Europa que investe em empresas tecnológicas lideradas por empreendedores excepcionais. Os investimentos iniciais incluem Skype, Spotify, Facebook e Airbnb. Desde o lançamento do primeiro fundo em 2013, a Lakestar gere um volume agregado superior a mil milhões de euros distribuídos por três fundos de fase inicial e, mais recentemente, de um fundo de crescimento. A sociedade expandiu e alargou o seu portfolio e detém investimentos na Opendoor, Oscar, GYG, Glovo, Sennder, Eigen, FiveAI, Revolut, Hometogo, entre outras. Com presença em Berlim, Zurique e Londres, a Lakestar ajuda as empresas a identificar e a expandir para novos mercados, com foco nos EUA e na Europa. A equipa da Lakestar dá aconselhamento e apoia as empresas que tem no seu portfólio, no seu desenvolvimento de negócio, recrutamento, tecnologia e marketing. A Lakestar faz investimentos a partir de empresas em fase inicial até empresas em fase de crescimento. Para mais informações sobre a Lakestar: http://www.lakestar.com/

 

Sobre a Armilar Venture Partners:

A Armilar Venture Partners é a principal sociedade gestora de fundos de capital de risco portuguesa. Como gestora independente há mais de 20 anos, um historial de alto desempenho e uma presença internacional, a Armilar investe em deep-tech, com foco em empresas tecnológicas em fase inicial onde os dados, digitalização e conectividade desempenham um papel central. Atualmente, os fundos sob gestão da Armilar ascendem a cerca de 260 milhões de euros, surgindo tipicamente como investidora líder em negócios em fase inicial em empresas em Portugal, Europa e EUA. Mais informações em www.armilar.com

O fundo TechTransfer da Armilar Venture Partners é apoiado pela InnovFin Equity, com o apoio financeiro da União Europeia ao abrigo dos Instrumentos Financeiros Horizonte 2020 e do European Fund for Strategic Investments (EFSI), criado ao abrigo do Plano de Investimento para a Europa. O objectivo do EFSI é ajudar a apoiar o financiamento e a implementação de investimentos produtivos na União Europeia e assegurar um maior acesso ao financiamento. O fundo é também co-financiado pelo Fundo de Capital e Quase Capital (FC&QC), gerido pelo Banco Português de Fomento, S.A.

 

Sobre a AMAVI Capital:

AMAVI é um fundo de investimento pan-europeu com capital de €60 milhões criado para apoiar o crescimento das empresas mais promissoras da indústria de PropTech. A AMAVI procura estabelecer uma conexão entre a indústria de real estate tradicional e as mais inovadoras empresas europeias de PropTech, através da combinação de sua expertise e network nas indústrias de real estate, tecnologia e private equity. Para maiores informações, entre no site https://amavi.capital/