Imobiliário, a nova oportunidade para 2021

 

Ainda sem sabermos muito bem se as moratórias vão terminar em Setembro, sem dados efetivos do inevitável aumento da taxa de desemprego, do número de empresas que já não irão abrir depois da pandemia, que irão redimensionar ou que irão continuar em teletrabalho, sabemos desde já que sectores como o turismo onde negócios de restauração, hotelaria ou agências de viagens estão na generalidade em crise e a ter de dispensar pessoas.

 

O imobiliário e mais precisamente a mediação imobiliária (tal como tinha acontecido no pós troika), tem sido uma oportunidade de fácil acesso para muitas pessoas que procuram uma nova oportunidade.

 

Em empresas dos países que acompanho como Portugal, Espanha e Itália, tem-se registado um aumento nos números de recrutamento de novas pessoas que procuram a área da mediação imobiliária, não só para a função de Agentes Imobiliários, mas também para a área de liderança de equipas, na minha opinião é uma tendência quase inevitável, pois o mercado imobiliário na generalidade, e o residencial no específico, é um dos mercados que de certa forma ainda não foi afetado pela pandemia e tem resistido apresentando resultados surpreendentemente interessantes no último trimestre do ano de 2020.

 

Assim sendo, e até com alguma naturalidade, muitas pessoas acabam por decidir apostar nesta atividade por sentirem a pressão de não parar e por considerarem que têm competências para serem bem-sucedidas nesta atividade e resolverem a sua situação que num curto espaço de tempo se converteria em pressão financeira. Contudo, e não querendo ser desmancha prazeres, será importante referir algumas considerações sobre esta profissão que de facto poderá ser uma nova oportunidade para muitos durante o ano de 2021, mas que deve ser encarada com o pragmatismo e realismo que merece para que não haja desilusões:

 

  • Esta atividade é acima de tudo um ato de empreendedorismo, se considerar aceitar o desafio, deverá pensar no seu projeto como uma empresa, por isso esqueça ordenados fixos e regalias e seja bem vindo ao mundo dos proveitos, custos, riscos e gestão de tempo como fatores chave essências do seu sucesso;

 

  • Apesar de possuir excelentes competências em outras áreas que podem e serão com certeza úteis para este negócio, evite inventar a roda, pode sair caro. Forme-se, aposte num sistema bem definido que funcione ou que funcione para si, adapte-o à sua realidade e aperfeiçoe constantemente as suas competências;

 

  • Gira o seu tempo, não pense em horários fixos (das nove às cinco), ou no descanso no fim de semana, o seu tempo, o tempo que dedica ao mercado e aos seus clientes será a chave do seu sucesso. Pense por isso em ser eficiente e não apenas eficaz, habitue-se a planear porque ninguém vai fazer isso por si, lembre-se agora é um empreendedor, tem de pensar e agir como um;

 

  • Costumava estar num escritório e ter um círculo restrito de pessoas conhecidas? Nesta profissão é obrigatório ser visível e disponível para o seu target que não será apenas composto por clientes, mas por amigos, conhecidos, e por que nãos fãs;

 

  • Costumava trabalhar em equipa, aqui também o vai fazer, de forma diferente vai colaborar com os seus colegas de profissão, mas vai trabalhar essencialmente sozinho. Se o seu projeto crescer, poderá constituir a sua equipa;

 

  • Outra coisa importante, o mercado imobiliário é lento, por isso apesar de parecer fácil e de se ouvir muitas histórias de resultados instantâneos, aconselho-o vivamente a constituir um bom fundo maneio que lhe permita desenvolver e investir na sua atividade sem sobressaltos.

 

A Mediação Imobiliária é uma excelente atividade que tem como base do negócio a relação com pessoas e não a gestão de imóveis ou simplesmente a venda dos mesmos. Se gosta de pessoas, se tem ótimas capacidades para se relacionar e se tem o rigor necessário para empreender, 2021 poderá ser uma ótima oportunidade para mudar.

 

palavras chave: oportunidade de mercado; empreendedorismo; mediador imobiliário; skills para mediação imobiliária

 

Artigo publicado na bolsa de especialistas VISÃO, veja mais aqui