MARKETING PARA GERAR LEADS PARA AGENTES IMOBILIÁRIOS

No princípio do ano, muitos dos profissionais da nossa área têm o seu Business Plan feito e em execução com campanhas de comunicação logo desde o primeiro dia de Janeiro, o marketing é uma das áreas de maior impacto ao nível de operação e principalmente, ao nível de custo que terá de estar associado a uma ação de investimento que se espera com retorno, retorno que está associado a uma ferramenta essencial, o Plano de Marketing Anual.

 

O Plano de Marketing é essencial para guiar e medir a atividade pois é a área onde os Agentes Imobiliários investem mais do seu tempo e do seu dinheiro para gerar leads constantes, o combustível de qualquer área comercial. Penso que até aqui deve concordar com todas estas afirmações e por isso pergunto, concorda também que o Plano de Marketing merece um planeamento mais rigoroso e eficiente?

 

Se concordar, vai com certeza achar que as 3 próximas dicas serão úteis para refletir ou planear as Ações Estratégicas do seu Plano de Marketing como Agente Imobiliário:

 

MARKETING DE PRODUTO. Muitos Agentes focam-se única e exclusivamente nesta área, como o nome indica, trata-se de estratégia para divulgação de produto por eles angariado, ou seja, trabalha por um lado o cliente vendedor no serviço e compromisso da promoção do imóvel para venda com o único objetivo de atração de potenciais clientes compradores para chegar à transação. Se for bem feito, ou seja, se partir de uma boa ACM (Análise Comparativa de Mercado), de uma correta definição do target e canais ideias para encontrar potencias clientes interessados, será o suficiente para garantir ao Agente que as oportunidades que necessita para transacionar o imóvel em causa vão surgir (leads). O Marketing de Produto é baseado no imóvel em dar aos potencias clientes compradores a informação cirúrgica, eficaz e necessária para captar a sua atenção ao ponto de entrarem em contacto com o Agente para que este possa desenvolver um diálogo e relação para avaliar e trabalhar no sentido de avaliação de potencial da lead para visita ou mesmo aquisição do referido imóvel.

 

MARKETING DE CONTEÚDO. Considerado atualmente uma área essencial para despertar interesse através da relevância para cada target, todos os profissionais já perceberam que as pessoas necessitam de apoio e informação para decidir e não estou a falar apenas na compra de um imóvel, mas sim da decisão de escolha do profissional ou empresa que as pode ajudar a vender ou comprar um imóvel, que as possa ajudar a decidir de forma segura sobre a zona, o preço, a tipologia apoiando a sua decisão com factos sobre o mercado e sobre estilos de vida da envolvente. O Marketing de Conteúdo é mais amplo, tem de estar associado a uma estratégia de posicionamento, tem de perceber como Agente para quem está a falar com cada história que conta, pensar como e o que estas pessoas querem ver, ouvir, ou ler através da sua comunicação que tem de ser consistente e alargada no tempo. É uma estratégia que trabalha leads de médio e longo prazo e que se amplia através do Branding trabalhando a consistência, proximidade, notoriedade e reputação, ou seja, trabalhando a relação. Para além da captação de leads, o objetivo é o de aumentar a confiança e credibilidade do Agente Imobiliário no que diz respeito à sua especialização que pode ser de zona de atuação, segmentação ou tipo de imóvel. A base do Marketing de Conteúdo é o de dar informação relevante de forma gratuita para as pessoas que fazem parte do núcleo da sua especialização, ir de encontro às suas preferências, necessidades, propósitos, ou aspirações, pois a referenciação e recomendação, são outra forma muito comum de geração de leads com este tipo de estratégia ligada ao Marketing de Conteúdo.

 

MARKETING PESSOAL. Por vezes confundido com Branding, até porque trabalha também no médio e longo prazo, o Marketing Pessoal é algo sensível para os Agentes Imobiliários, pois para conseguir bons níveis de confiança e credibilidade, não basta escrever ou partilhar conteúdo relevante, as pessoas vão querer saber quem é de facto o profissional que está por trás da história, da informação, do aconselhamento. O grande desafio será ter a capacidade de misturar na medida certa a vida pessoal com a profissional de forma autêntica, sem ter de ser totalmente transparente. As pessoas precisam de saber quem é o Agente Imobiliário, o que pensa, o que faz, o que gosta, o que recomenda e desta forma vão ser capazes de criar uma relação virtual com este sentindo que se identificam e que podem fazer parte da sua vida interagindo com o conteúdo que este comunica. É por isso essencial dar-se a conhecer à sua comunidade, às pessoas e aos potencias clientes que fazem parte da sua especialização. As redes socias são o meio online primordial e a participação ativa na comunidade e vida social da sua zona geográfica (local) e demográfica (grupos) será o melhor meio no offline.

 

O Plano de Marketing deve contemplar ações pensadas, planeadas e direcionadas através de várias estratégias diferentes para se dar a conhecer como pessoa, e para dar a conhecer o que pode dar à sua comunidade com um único objetivo: gerar leads.

 

Palavras Chave: Plano de Marketing Anual; Marketing de Produto; Marketing de Conteúdo; Marketing Pessoal